19.5 C
São Paulo
sábado, 16 de fevereiro de 2019
Por Francisco Galiza No mês de setembro, no 18º CONEC (Congresso Estadual dos Corretores de Seguros), em São Paulo, o SINCOR-SP lançou o estudo Mercado de seguros em 15 tópicos, reunindo algumas estatísticas do mercado de seguros. O levantamento traz...
Em todo o mundo, o mercado de seguros de vida vem crescendo num ritmo mais forte do que o da economia. Em dez anos, a taxa média real anual é de 4%, de acordo com a Moody’s Investors Service....
Por Francisco Galiza* O mercado de seguros de riscos empresariais faturou aproximadamente R$ 2,1 bilhões em 2017, praticamente o mesmo valor do que em 2016. Nesse caso, a estagnação foi uma conseqüência direta da crise econômica. Para 2018, as coisas...

O seguro do Brasil no Mundo

Por Francisco Galiza* Em um mundo globalizado, é importante avaliar o comportamento dos outros países, além das tendências internacionais de negócio. Mais do que nunca, nenhuma economia é uma ilha e a integração entre as sociedades de diferentes culturas é...
Por Francisco Galiza* No ano passado, foi concluído o recadastramento dos corretores de seguros pessoas física (PF) - o recadastramento dos corretores de seguros pessoas jurídicas ainda não começou -, nove anos após o último levantamento similar. Esse tipo de...
Por Francisco Galiza* O mercado de seguros de pessoas no Brasil fatura quase R$ 40 bilhões por ano, sem considerar os produtos VGBL. Em termos aproximados, isso daria de US$ 10 a 12 bilhões por ano. Os seus principais produtos...
Por Francisco Galiza A crise econômica dos últimos anos não abalou o crescimento do seguro residencial. Os números deixam claro que o cenário desse produto no país é, e deve continuar, bastante favorável. Em 2017, ano passado, o seguro residencial...
Por Francisco Galiza Hoje, uma grande preocupação no mundo empresarial é a venda de produtos e serviços para as novas gerações. Um exemplo é o grupo chamado de “millennials”; alguém hoje com, em média, 30 anos. Nessa linha, as empresas...
Por Francisco Galiza Como mostrei no meu último artigo, o ano de 2017 fechou com números econômicos bem mais favoráveis no Brasil. Com crescimento estimado em 1%, o ano teve taxas de inflação comportadas, índice de confiança de diversos agentes...

O fechamento de um ano mais favorável

Por Francisco Galiza Como esse é o último artigo do ano, considero essencial fazer uma análise do comportamento do mercado nesse período. Principalmente porque em 2015 e 2016, os índices econômicos do país foram bem ruins, fato já citado e...

Mais Lidas

Como se planejar para ter um ano de sucesso

Todo ano é a mesma coisa: você aproveita o período das festas para pensar o que viveu nos últimos 12 meses e estabelecer metas...